Calendário de Pesca 2019

Calendário de pesca 2019 é o que você procura? Como toda a atividade existente, fatores externos podem intervir no rendimento e na forma em que é realizada. Com a pescaria não se é diferente. Em diferentes circunstancias, a prática pode influenciar negativamente ou positivamente em sua efetividade.

Podem-se citar alguns aspectos que o pescador, se corre atrás de maior produtividade, aconselha-se saber: fases da lua, força da correnteza, temperatura (tanto externa quanto da água) e dentre tantos outros.

Como escolher a data certa para pescar

Um dos critérios a serem adotados para uma boa pescaria é a data condizente com resultados satisfatórios. Não adianta tentar voltar com a cesta em busca se “o mar não está para peixe”. Tudo tem o seu momento ideal.

A lua é uma das principais pioneiras, influenciadoras, do comportamento dos peixes. Isso ocorre por esta ter determinado “controle” sobre os níveis da água. Os diversos atos relacionam-se com os 29 dias e meio de rotação da lua em volta da terra.

Durante esse período de quase um mês ocorrem às quatro fases lunares sendo, as mesmas, sinais de mudanças formidáveis no comportamento dos mares e que merecem atenção mais que especial.

como escolher data para pescar

Foto: Fish TV

Quando se trata de induzir o leitor ao melhor momento da pesca, deve-se compreender que o melhor momento tem que ser relativizado de acordo onde tem a intenção de pescar e diversos fatores que podem prejudicar. Não só “olhar” para a lua.

De modo geral, tanto a lua minguante quanto a crescente tem um fator que não pode ser deixado de lado: pertencer ao período da maré morta (baixa). Essa particularidade trás consigo elementos favoráveis a uma apropriada pescaria: a correnteza amenizada e uma redução no campo de movimentação – circulação – dos peixes, comprimindo-os.

Ainda que haja caracterizações das fases lunares e diferenças entre locais (mares, rios e lagos), é de suma importância notar as diferentes condutas entre as espécies de peixes distintas e as regiões onde pratica, pois também interferem na pescaria.

Nos próximos tópicos, discorreremos sobre pontos essenciais para ampliar seu conhecimento e agir com menos extinto e mais entendimento de uma fértil pescaria! Veja onde tirar sua licença de pesca.

As fases das lua

Como já fora esboçado anteriormente, as fases da lua tem atuação nos mares. Isso ocorre por eventos como a diferente atração gravitacional entre a lua e a terra (o sol também).

Vamos agora traçar quais as mudanças na movimentação dos mares e seu volume em cada fase da lua.

fases da lua

Foto: DPReview

Lua Nova: um período pouco favorável e atrativo para a prática. Os peixes imergem mais nas águas, porque a luminosidade da lua nesse período é bem desprezível comparado com outras. Tratam-no como neutro seja nos mares ou rios.

Lua Crescente: um momento de progresso se comparado com a lua nova; a luminosidade ainda é baixa, contudo já é superior a anteriormente explicada. Esse período já é considerado regular para o calendário de pesca.

– Lua Cheia: É o momento áureo da pescaria; a luminosidade da lua atinge seu ápice, estimulando os peixes a saírem das profundezas, elevando o metabolismo dos mesmos e, consequentemente, o seu palpite também.

– Lua Minguante: Não é correto afirmar que é o apogeu como a lua cheia, como também seria equivocado cravar que não seja um momento ideal para a pesca. A luminosidade ainda é alta (não tanto) e os peixes continuam próximos à superfície.

Calendário de Pesca no mar

Nesse subcapítulo, assimilaremos que, mesmo que as fases possam traçar por boas e ruins a qualidade da pescaria, a situação não pode ser definida com tanta veemência simplesmente pelo caráter das fases. Agora nos deparamos com outro objeto de estudo: o mar.

Veja o calendário de pesca 2019

Calendário de Pesca 2019

Foto: Mercado Livre

Há várias formas de aglomerados aquáticos onde, neles, vivem e habitam peixes. Portanto, o mar, rios e lagos (seus hóspedes) reagem de maneiras, muitas vezes, diferentes.

Começando já destacando a exceção da regra: a lua nova é tratada como neutra não importa onde.

– Lua Crescente: nos mares, a presença da lua crescente é um sinal positivo para a pesca.

– Lua Cheia: embora configurada por diversos pontos a seu favor, no mar a lua cheia pode ter variações negativas por diversos motivos.

– Lua Minguante: recapitulando, a conservação dos peixes próxima à superfície mantém o proveito de pescar nessa estação.

Calendário de Pesca em rios e lagos

Esclarecido todo o quadro nos mares, hora de partirmos para o segundo, e último, cenário: rios e mares.

– Lua Crescente: a primeira diferença com o mar (o cenário nos rios e lagos não são positivos e não vai além de uma classificação como regular).

– Lua Cheia: Nessa fase já há condições muito promissoras do que os mares. Toda a natureza da fase lunar faz com que seja o melhor momento, analisando apenas ela, para a pescaria (define-se como ótimo).

– Lua Minguante: Também faz parte de um momento apropriado, só que inferior ao da lua cheia (bom).

Não esqueça de deixar sua carteira de pesca em dia!

Tábua de maré

Mais uma ferramenta que será apresentada ao caro leitor, cuja funcionalidade pode ser de grande auxílio na escolha do momento da pesca é a tábua de maré.

Como já dissera, o nível do mar é mais um expoente interventor na pesca. Para conseguir ampliar o conceito de maré alta é baixa, é fixado em determinado ponto do solo uma marcação a fim de se utilizar como referência a altura da maré.

A partir de determinada altura, denomina-se maré alta e, em caso contrário, maré baixa. Quando está no ponto de referência marcado como o normal, está em suas condições do dia a dia.

A tábua de maré é o principal meio o qual os pescadores desfrutam para ter a percepção da elevação da mesma. Habitualmente, as pessoas interessadas em saber os níveis recorrem a sites, ou outros meios como por telefone, da marinha ou demais agências de serviços marítimos.

Avalie esse conteúdo

Leave a Reply